Em que consiste a verdadeira ajuda


"Antes de dares comida a um mendigo, dá-lhe uma vara e ensina-lhe a pescar." 
Provérbio Chinês

Muitas vezes, principalmente em relação a aqueles que mais amamos, temos a tendência de querer facilitar as coisas para evitar o seu sofrimento e levá-los ao colo pela vida fora. No entanto, é importante percebermos que uma pessoa só se sentirá feliz e conseguirá ultrapassar qualquer dificuldade que lhe surja quando se sentir autónoma, segura de si própria e estiver a construir a cada dia os seus recursos pessoais que lhe permitirão vencer na vida. Assim, podemos e devemos ajudar o próximo, mas não nos esqueçamos jamais de que fazemos um maior bem em dar-lhe as condições para se ajudar a si mesmo, não tendo assim que depender de algo exterior que pode ou não estar disponível, ou sentir-se limitado em si mesmo e na capacidade do outro que o ajuda. Apontar no outro as suas potencialidades, ajudar no seu desenvolvimento, dar-lhe condições de vencer os seus medos, inseguranças, ensinar-lhe algo que possa trazer mais-valias, partilhar experiências de vida, dar o que quer que precise mas fazendo com que sinta que o mereceu pelas suas qualidades e não que foi alvo de uma simples esmola... São algumas das muitas maneiras de se levar um "mendigo" a ser um pescador feliz. Só é preciso que tenhamos sempre presente a diferença entre ajudar realmente alguém e em fazer esse alguém depender das ajudas e generosidade de outros.